Famosos prestigiam o lançamento do Troféu Raça Negra 2016

Uma constelação marcou o lançamento do Troféu Raça Negra na última terça-feira, 2 de agosto, no Renaissance São Paulo Hotel, na capital paulista. Cerca de 50 convidados, entre representantes da organização, parceiros, patrocinadores e artistas, participaram da cerimônia que marcou o anúncio da cantora Elza Soares como a grande homenageada desta edição, um dos mais tradicionais do Brasil, e que acontecerá no dia 21 de novembro, na Sala São Paulo.

Esta edição do Troféu Raça Negra será dirigida novamente pelo carnavalesco e figurista Chico Spinoza, que também esteve presente no encontro. Ao relembrar a primeira aparição pública de Elza Soares, no programa de Ary Barroso, o diretor emocionou. A então aspirante a cantora, franzina, respondeu ao apresentador que vinha do “Planeta Fome”, dando já todas as mostras de sua força, garra e determinação para vencer na vida. “Elza Soares representa a força da mulher e a força da mulher negra. Ela é um exemplo”, comentou.

Quem também esteve presente para anunciar as novidades do Troféu Raça Negra 2016 foi o cantor e compositor Martinho da Vila, homenageado do ano passado. “Eu já recebi muitas homenagens ao longo da minha vida, mas a do ano passado, sem dúvida, foi a maior delas. É impossível descrever o que se sente recebendo este prêmio”, revelou.

O encontro marcou ainda o lançamento da FlinkSampa, evento organizado também pela Faculdade Zumbi dos Palmares em parceria com o Grupo Afrobras. A Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra, que será realizado entre os dias 18 e 19 de novembro, no Memorial da América Latina, em São Paulo. Na oportunidade, o ator Deo Garcez apresentou uma emocionante performance na qual interpreta o poeta e advogado abolicionista Luiz Gama, que será homenageado pelo evento.

Prestigiaram o evento nomes como a escritora, cantora e jornalista Esmeralda Ortiz; a jornalista Joyce Ribeiro, os escritores Manto Costa e Paulo Lins; a advogada e ativista Eliane Dias, e os cantores Thobias da Vai Vai e Tula Mello.